FRY DAY ON WEDNESDAY

Sabe aqueles dias em que tudo acontece ? Pois é, foi hoje. Um pombo foi frito nos fios de alta tensão na frente do meu prédio, fritando junto o transformador da rua e a energia dos elevadores do meu prédio. Resultado : ói eu subindo cinco andares de escada, no único dia em duas semanas em que eu resolvi botar um salto sete, e com comprinhas pesadinhas de supermercado na mão, porque a porta da garagem também não abria e eu não ia deixar coisinhas de geladeira dentro do forno, quer dizer, do carro. Pedir ajuda ao gatinho ? Até poderia, se eu não tivesse esquecido o celular em cima da mesa na agência. Aí chego lá em cima e o cara que foi consertar os ventiladores de teto já estava lá há meia hora, a Nina desaparecida dentro de casa de medo dele e a notícia do gatinho de que o carro dele faleceu de novo. É a terceira vez em uma semana. Ou a gente vende esse carro ou vamos batizá-lo de Kenny. South Park Kenny.



 Escrito por Cynthia às 15h46
[] [envie esta mensagem]



NUTÍCIAISH D' LISHBOA

Tô tão orgulhosa. Meu Júnior redator preferido acaba de pegar segundo lugar no Festival Jovens Criativos do Clube de Criação de Portugal, e vai estar no próximo anuário deles. É, aquele mesmo Júnior que muito patrão de Boiânia achou que não era bom o bastante pra agência deles. Depois português é que é burro...



 Escrito por Cynthia às 15h39
[] [envie esta mensagem]



CATS AND DOGS

A Nina que não me ouça, mas eu hoje estou apaixonada por cachorros. Continuo totalmente cat person, mas uma das primeiras coisas que eu vi hoje de manhã foi um cocker spaniel, tosado como um schnauzer (o calor em GYN é cruel) e de rabinho cortado (dessa crueldade eu não sei a razão), tão feliz ao ver, do outro lado da rua, o jornaleiro conhecido indo em direção dele e de seu dono, que começou a abanar freneticamente o cotoco, com tanta força que a bundinha toda balançava, sua porção não-tosada de um tom caramelo, sedosa e brilhante, parecendo uma saia de dançarina de hula ou uma melindrosa dos roaring twenties dançando o charleston com vestidinho franjado de cintura baixa. Feliiiiiz da vida. Fofo. Então já decidi : quando eu for uma velha doida e mendiga – todas as minhas finanças e atitudes apontam pra esse futuro – eu não vou andar por aí só com 200 gatos. Vou querer uns 50 cachorros, também. Porque são mais barulhentos. E porque é melhor começar aos poucos.



 Escrito por Cynthia às 13h06
[] [envie esta mensagem]



ENTÃO TÁ.

"...e dessa vez, vocês têm total liberdade pra criar essa campanha".

Hey, what can I say ?



 Escrito por Cynthia às 12h34
[] [envie esta mensagem]



HELP

Eu costumava comprar aqui mesmo, na Casa Ouro, mas não tem mais, faz tempo. Agora me deu um cold turkey feroz. Alguém sabe me dizer onde eu acho isso sem precisar apelar pra entrega internacional ($$$$$$$) ?! Eu preciiiiiiiso...



 Escrito por Cynthia às 13h14
[] [envie esta mensagem]



SIGNS FROM THE SIGNS

Eu sou geminiana, com ascendente em gêmeos, serpente no horóscopo chinês, filha de Iansã com Oxalá e sempre que tenho uma chance, dou uma olhada em quais seriam meus outros signos (não me lembro de nenhum agora, claro) em diversas mitologias e astrologias diferentes. O engraçado é que TODOS, sem exceção, sempre têm em comum que meus supostos dons e profissão ideal são relacionados à comunicação, com ênfase em “publicidade”. Claro que isso não significaria muito se eu também não achasse o mesmo desde os 16 anos de idade. Mas eu achava, e de certa forma, ainda acho. O triste é que isso só faz eu me sentir igualzinha ao camelinho da piada (pra quem não conhece, o punchline é “tá bom, mãe, se a gente tem olhos e pestanas, focinho, patas e corcovas perfeitos para sobreviver bem e ser um sucesso no deserto, que merda a gente tá fazendo morando aqui neste zoológico ?”) . O problema é que cada vez mais parece que, se você já passou dos 30 e não é dono da agência, não há lugar pra você nas agências e mercados mais, hã, “evoluídos”. E pior, eu suspeito que a falta de prática enferruja até talento e paixão verdadeiros. Nheeeeeec. Então, enquanto não sai o último pau-de-arara, eu vou ficando por aqui, que deus-do-céu me ajude...



 Escrito por Cynthia às 12h11
[] [envie esta mensagem]



AI, QUE PREGUIÇA.

Nada como uma piadinha pretensamente irônica, boba e sem graça contada pela 18ª vez, né ? Faz a gente parar de achar que a vida é curta, que o tempo urge, que o leão ruge e a borboleta cicia, e começar a pensar em como essa nossa estada no planeta às vezes parece longa, longa, longa, longa, longa, longa, longa,  longa, intermináááááaááaááaááááááááááaáável. Rrrrr... 



 Escrito por Cynthia às 11h44
[] [envie esta mensagem]



IT'S JUST ANOTHER DAY

YOU LOAD SIXTEEN TONS

AND WHAT DO YOU GET ?

ANOTHER DAY OLDER AND DEEPER IN DEBT

SAINT PETER DON’T YOU CALL ME ‘CAUSE I CAN’T GO

I OWE MY SOUL TO THE COMPANY STORE…

 



 Escrito por Cynthia às 13h07
[] [envie esta mensagem]



QUESTÃO DE GOSTO

Martin Short, num personagem que fez como host num SNL antigo - reprisado semana passada, acho : "Quando eu tenho um problema ou alguém me diz algo de que eu não gosto, eu mastigo isso até que perca todo o gosto, aí eu mastigo mais um pouco, mais ainda, e aí quando está totalmente borrachento e  cinza, aí eu pego todo esse ressentimento... e grudo no meu cabelo".



 Escrito por Cynthia às 12h54
[] [envie esta mensagem]



MOMENTO MARCIA GOLDDIGGER

MY DAUGHTER, THE HOMEWRECKER ou

MINHA FILHA MENOR ESTÁ DESTRUINDO MEU LAR.

 

Eu e a Nina temos um acordo: mantenho a porta do meu quarto fechada e ela não enche meu travesseiro, edredom e o resto das superfícies todas com seus sedosos pêlos siameses. Só que quando ela está muito carente de companhia, arranha a porta do quarto, mia, chora, geme, fala (não, eu não bebi nem fumei nada) “mamãe”, “papai”, “ah, não” e outras coisas que só quem tem gato sabe que eles falam mesmo – e o mais interessante, só falam quando a gente não está olhando, pra ver como é que aquelas boquinhas sem lábios conseguem emitir esses sons. (Flash rápido da boca do Kenneth Branagh em big close, dizendo “big deal”, hohoho)

 

Às vezes eu acho que se conseguisse chegar em casa de surpresa, sem ser ouvida por ela, pegaria a bichinha assoviando, fumando meus mentolados e escutando o Jay Jay Johanson que a Jana me emprestou, enquanto lê a TPM do mês, provavelmente entediada com tanta roupinha - de preços sob consulta - da Daslu numa revista tão,  hum, descolada, simples, autêntica*.

 

Mas hoje de manhã os miados estavam mais distantes e abafados, e uns estalos estranhos acompanhavam o showzinho. Muito a contragosto, me levantei e fui ver o que acontecia. O que aconteceu foi que o Nelson se distraiu e fechou a Nina dentro do banheiro dele (sim, temos dois, o segredo do casamento feliz) antes de sair pra cortar o cabelo. E ela, tentando sair, arrancou uns pedaços consideráveis da porta.

 

Não, isso não tem a menor importância. E o  título safado é só pra tentar arrancar mais uns comments e testar minha teoria de que, se a chamada do post tiver sacanagem, todo mundo se interessa. Duvida ? Dá uma olhadinha no excelente blog do Pedro Dória e vê o número de comentários nos posts que falam de sexo -  principalmente se for bizarro - em comparação com os que versam sobre outras coisas menos tabuzentas. Falar nisso, tenho que pensar em títulos com insinuações homoeróticas, também. Pelo que vi em blogs de “sucesso”, os homofóbicos amam encher a caixa de comentários com suas verdades absolutas. Ui.

 

*Este blog não se responsabiliza por - e nem compartilha das - opiniões de gatas e outros convidados especiais.



 Escrito por Cynthia às 19h04
[] [envie esta mensagem]



HE’S TOO SEXY FOR HIS WIFE

 

 

Gatinho desce no térreo, eu vou pro subsolo (não, nenhuma metáfora religiosa aqui, se bem que... bão, tergiverso, tergiverso, como diz o Ina). Mas naquela fraçãozinha de segundo em que a porta do elevador se fecha – e que em prédio velho é na verdade uma fração de minuto, uns bons dez segundos – vejo pela fresta da porta o reflexo no espelho do lobby. E o reflexo me mostra um dos porteiros (casado e pai de duas ou três crianças, mas que dá mais pinta que tomar sol com catapora) sentadinho no sofá do lobby, cumprimentando meu gatinho que passa... e dando uma secada na bunda dele que deve ter tirado uns 200 gramas de água das células lipídicas na região glútea do meu calipígio bem. Segurei a risada, mas já dei minha nota pro tal olhar : 9,8 na escala Bichter. Garantindo pra mim mesma um 10 estrelado na Bitcher. Hohoho.

 



 Escrito por Cynthia às 19h32
[] [envie esta mensagem]



TÔ POOOOOOOOOOOOOOOOODREEE...

 

 

...de chique, como diz minha amiga-caçulinha Jana. É que bati "Boiânia" no google e o primeiro da lista foi este humirde brogue. Verdade que em quinto lugar vem uma caixa de comentários num post antigo do Ruy Goiaba, em que ele concede a primazia da criação do nome ao Artur* - uns cinco comentários depois do próprio Artur ter reconhecido os royalties devidos a miiiiiiiim, so, who really cares - e o terceiro, e ai de mim, vários outros, serem bona fide misprints ou misspells. Dói, não por ver que algum gringo (e como poderia dizer Caetaaaaaaano, são quase todos gringos) aparentemente "criou" o apelido antes de mim, mas ver o quanto tudo no universo e nos teclados do planeta parece conspirar para mostrar que do boi viemos, do boi vivemos, ao boi voltaremos, quiçá sem nunca ter saído. Mu.

 

*Não gostaria de ter que explicar brincadeira, mas como na internet nunca se sabe, declaro para os devidos fins que sei que a "criação" de um apelido idiota não vale merda nenhuma, não vai ficar pra posteridade e tem mais ou menos a mesma importância para a evolução da raça humana que um cocô de rato numa banheira de passarinho abandonada num parque interditado... como aliás, 98% do que se escreve em blogs worldwide.



 Escrito por Cynthia às 19h44
[] [envie esta mensagem]



FRASE DE PÁRA-CHOQUE DE CAMINHONEIRO PRESUNÇOSO

CRASE É QUE NEM ESCALPELO

SE NÃO SE SABE COMO USÁ-LA

O MELHOR É NUNCA FAZÊ-LO



 Escrito por Cynthia às 18h28
[] [envie esta mensagem]



AI, SE EU ESCUTASSE O QUE MAMÃE DIZIA...

         

         

         - ...e aquela mudinha ali, quem é ?

- É minha irmã. Mas ela não é muda, não.

- Como não ?! Eu já tô trabalhando aqui há três dias 

  e ainda não ouvi ela dizer uma  palavra.

- Não, isso é porque a mamãe falou pra ela que se ela não

  tivesse nada de bom pra falar era melhor não falar nada.

- Ah, tá. E quando foi isso ?

- Faz 30 anos.

 



 Escrito por Cynthia às 18h25
[] [envie esta mensagem]



AS ÁGUAS VÃO ROLAR

Sabendo que ela é italiana e esquentada (além de talentosa e linda e maravilhosa, mas isso não vem ao caso ) pedi a uma web-amiga muito  fofa um conselho e ela me ensinou que pra quem precisa manter o emprego, e para tanto tem que saber dominar o próprio gênio, a melhor coisa é respirar fundo, se trancar no banheiro e enfiar a cabeça debaixo da torneira, ligando a água mais gelada possível, até esfriar a cuca. Ainda não tentei porque meu cabelo é meio comprido, mas tô criando coragem. Ficar de cabelo molhado o dia inteiro é fichinha, o problema é que do jeito que a coisa tá por aqui, vou ter que pedir uma torneira exclusiva direto na minha sala, ao lado do computador e bem pertinho do telefone...



 Escrito por Cynthia às 16h55
[] [envie esta mensagem]



SEÇÃO LITERATURA INFANTIL

Já que os adultos não me dão moral mesmo, vou atacar de autora infantil - o que aliás, no meu caso, faz o maior sentido. Cautionary tales, here I come - ou "Te cuida, Ann Landers de La Fontaine"...

 

 

O SAPO E A JIA

 

Era uma vez, há muito tempo

Um príncipe que se acreditava sapo

E que por isso, era rabugento,

Amargo, infeliz, um trapo.

 

Um dia, encontrou uma princesa

E achou que ela o salvaria

Acontece que a beleza

Achava que ela era uma jia.

 

Se era jia, como cria  - e queria -

Ser assustada e pular

era a sua natureza

Um dia, do nada, do ar, certamente se assustaria

Pularia pra bem longe

E nunca mais voltaria

Deixando ao rapaz só tristeza

 

Não é que um ao outro não vissem

Enquanto viviam a esmo

É que cada um, que burrice,

Não enxergava a si mesmo

 

Tanto bicho podiam eles

se achar : cobras, gatos, perdizes

E foram escolher justo aqueles

Que os fariam sempre infelizes



 Escrito por Cynthia às 10h33
[] [envie esta mensagem]



O SAPO E A JIA - INTERMEZZO

Podiam ficar juntinhos

Sem inventar coisas toscas

Ou seguir os seus caminhos

Sozinhos, comendo moscas

 

Se cada um fica achando

Que é menos do que lhe dizem

Prefere viver chorando

E gosta de que lhe pisem

 

Pode ocorrer que um dia

Ao tentar bater um papo

Ou querer dar um bom-dia

Só saia um coaxar de sapo

Só se ouça um grasnido de jia.



 Escrito por Cynthia às 10h31
[] [envie esta mensagem]



O SAPO E A JIA II - SWAMPED

Por isso aqui vai um conselho

Bom e grátis, coisa rara

Dado por sua velha tia

E dito de forma bem clara:

Largue de ser tão pentelho

Não jogue no ralo da pia

Sua metade mais cara

Pare de se achar sapo ou jia

 

Leve esses olhos vermelhos

Pra além do seu próprio umbigo

E verá que o melhor espelho

É a córnea de cada amigo

 

Dos inimigos de brio

Também ouça o veredito

Mas virando-o ao contrário :

Se te acham um ogro vil,

É que és valoroso e bonito

Brilhante e extraordinário

 

Não entenda o que lhe digo

Como mera interferência

É só conversa de amigo

Coberta de experiência

 

Porém se você prefere

Se achar um pobre anuro

Sem direito à felicidade -

É direito que lhe confere

Sua óbvia humanidade -

Mas seu porvir é escuro.

 



 Escrito por Cynthia às 10h27
[] [envie esta mensagem]



STILL...

Gatim, SO & RO, Jananinha, Henrique, Dani, Leo Preto, Leo Branco, Sis, Mum & Dad.

Where would I be without you ? Amo vocês demais.



 Escrito por Cynthia às 10h55
[] [envie esta mensagem]



WEEKEND UPDATE :

"BAD HAIR DAY" DOES NOT BEGIN TO DESCRIBE IT.



 Escrito por Cynthia às 10h36
[] [envie esta mensagem]



MISS CASSIE, MISS ANTHROPA

- E o que você está lendo, querida ?

- Eu ? O Pequeno Príncipe.

- Ah, o do Saint-Éxupery ?!

- Não, o do Maquiavel.



 Escrito por Cynthia às 17h45
[] [envie esta mensagem]



YAWN!!!



 Escrito por Cynthia às 10h29
[] [envie esta mensagem]



SORRY...

Tá bom, eu sou uma idiota, apavorada e palhaça, e principalmente, precipitada. A frô deu uma sumidinha básica sem aviso e eu já fiquei toda nelvosinha. Mas foi bobagem, ela tá bem e eu tô muito feliz. Pra quem torceu pelo happy turn of events : muito obrigada, e que você tenha de volta o dobro de tudo de bom que vibrou por alguém que talvez nem conheça. Pra quem não torceu, desejo tudo de bom, também. É como eu disse : não custa nada.



 Escrito por Cynthia às 19h58
[] [envie esta mensagem]



PLEASE

Tem alguém aí ? Vocês, que passam caladinhos, sem deixar comentários ? Me façam um favor ? Me ajudam com o que puderem ? Não, queridos, não é dinheiro, não. Quem for de rezar, reze, quem for de mentalizar, mentalize, quem for de torcer, torça. Torça pra que uma pessoa muito linda e muito doce esteja bem, ou pelo menos fique bem. Não, não sou eu, que não sou linda nem doce. Mas ela é uma rosa, é uma rosa, é uma rosa. Uma super rosa, uma ultra, hiper, mega rosa, maravilhosa. E o mundo é um lugar muito melhor quando ela está nele. Torce aí. Não custa nada.



 Escrito por Cynthia às 18h52
[] [envie esta mensagem]



RECOGNITION



 Escrito por Cynthia às 09h57
[] [envie esta mensagem]



TUDO REVERBERA

Sabe por que é que a “sua” máquina, nessa rede, está identificada como Arte 3, Redação 1, Mídia 2, e não Thaís, Cynthia, Mariana ? Saramago e a Cam sabem.

“Na coleira do escravo (...) nem sequer se mencionava o nome. Como se sabe, um escravo não tem nome. Por isso, quando morre, não deixa nada. Só a coleira, que ficava pronta para servir outro escravo. Quem sabe, pergunta o viajante fascinado, a quantos escravos teria ela servido, sempre a mesma, enquanto houvesse pescoço de escravo em que servisse?”

É, eu tô revortinha hoje.



 Escrito por Cynthia às 15h42
[] [envie esta mensagem]



LELÊ, LELÊ, LELELELELELÊ...

Pois é, o Brasil inteiro feriadando e eu aqui trabalhando. Sem necessidade. Sem vontade. E sem esperança de que nada de bom saia desse trabalho, e se sair, sabendo que não vai conseguir ir além da sala do chefe. Já que não tem um CD chamado When WORK Goes Wrong - Songs for the broken-spirited, vou com esse aqui mesmo, apesar de meus love e heart estarem muito bem, obrigada. Por estranho que seja, ouvir a Billie (sorry, no holiday here, kids) cantando Good Morning Heartache  e o Stan Getz atacando de Born to be Blue me faz sentir melhor. Mas o que salvou meu dia mesmo foram a Fal e a Meg. Love you, girls. More than I can say.

Crazy afterthought : será que no dia 13 de maio o sinhozim libera a gente ? Vida de Isaura é difirce...

 



 Escrito por Cynthia às 14h48
[] [envie esta mensagem]



BOWOW SOUNDS

Nem nove horas da manhã, noite mal dormidíssima, eu ainda sem um miligrama de cafeína nas veias e o carinha ali da arte põe um rap hidrófobo no último volume. Com preguiça de fechar a porta, fui suportando até que o vocalista, um Rottweiller ensandecido e, pelo som, cheio de anfetamina, grita o que parece ser o refrão : “Shut the fuck up !! Shut the fuck up !!”. Aí, claro, foi demais pra mim. Eu saí pra buscar um café, e ao passar por lá, falei pro rap fan : “Eu acho que esse cara devia fazer o que diz, não ?” – e o garoto me responde com um sorrisinho amarelo-pálido, não de quem quer me mandar à merda, mas de quem simplesmente não sabe do que eu estou falando. Eu entendo perfeitamente que nem todo mundo sabe ou sequer tem obrigação de saber outra língua, e que é possível, sim, se ouvir música cuja letra não se entende por amor à melodia ou até ao ritmo puro e simples. Mas sinceramente, o ritmo parece o da minha máquina de lavar, e se aquilo ali tem melodia, deve estar no ultrassom, pra ser ouvido somente por outros rottweillers, pitbulls e demais canídeos. E como eu já falei, posso ser muita coisa, mas cinocéfala não é uma delas.



 Escrito por Cynthia às 10h45
[] [envie esta mensagem]





Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, GOIANIA, Mulher, Inglês, Francês, Cinema e vídeo, Livros
MSN -





Histórico
01/05/2004 a 15/05/2004
16/04/2004 a 30/04/2004
01/04/2004 a 15/04/2004
16/03/2004 a 31/03/2004
01/03/2004 a 15/03/2004
16/02/2004 a 29/02/2004
01/02/2004 a 15/02/2004


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Ao Mirante, Nelson ! (Ex-Praia)
Palimpa
Contos do Nelson
Fal
Ione
Padre Levedo
Copy&Paste
Epinion
Espírito de Porco
Jesus, me chicoteia !
Dr. P
Ratapulgo
Pensar enlouquece
Ruy Goiaba
Vida de Redatora
Cam La Fille
Mau Humor
Catarro verde
Matusca
Meg
Malvados
Caramori
Enio
Jean
Zeno



Site
Meter